The Lies of Locke Lamora de Scott Lynch

August 16, 2008 at 6:12 pm (Livros/BD/revistas)

Há muito tempo que não lia um livro de fantasia tão cativante e divertido. O mérito todo pertence a Scott Lynch, um novo escritor norte-americano que já conquistou grande parte do público e crítica com o seu fantástico romance de estreia, The Lies of Locke Lamora. George R. R. Martin já o tinha recomendado, e o elogio não é falso.

Descrevendo as vidas de crianças orfãs, forçadas a sobreviver como ladrões após serem capturadas por um homem de nome Thiefmaker (muito à semelhança de Fagin the Jew, a personagem de Charles Dickens), Locke Lamora é uma criança que se revela excepcional no seu talento inato para roubar e causar caos e consternação na cidade de Camorr. Mas o seu maior trunfo reside na arte de mentir.

Ele é tão excepcional que o Thiefmaker é forçado a comprar a sua morte e levá-la a cabo, até que um padre falso adopta Lamora o o inicia na estranha ordem de Perelandro… uma fachada, claro, para outras actividades ilegais.

Os diálogos são vivos, pitorescos e uma delícia de seguir. O mundo estranho de Camorr com o seu Elderglass, vestígios de uma antiga civilização arruinada, mares infestados de tubarões, um submundo liderado pelo cruel Capa Barsavi, e personagens cheias de vida e sedentas de vingança, sao apenas algumas das maravilhas que fascinam o leitor.

O autor recorre a um perigoso artifício literário que poderia dar cabo de toda a história narrativa mas que, neste caso, prova ser eficaz e bem controlado. Falo da alternância de capítulos entre o passado e o presente. Enquanto Locke Lamora vê-se enredado em grandiosos planos que irão escapar ao seu controlo, simultaneamente, temos acesso ao seu passado e treino como ladrão entre o grupo dos Gentleman Bastards, e que é tão interessante como as ciladas em que se vê envolvido.

Desconfiei do valor do livro no início (uma ou outra parte chata nos primeiros capítulos, depois arranca em pleno), mas acabou por superar as expectativas. Não vou dizer muito mais sobre a história, porque muitos twists surpreendentes aguardam o leitor e é dificil largar o livro que chega ao fim com uma conclusão mais do que satisfatória. E não menosprezemos a capacidade de Lynch em descrever a cultura e cidade de Camorr e o contraste entre o submundo e a alta esfera da nobreza.

Locke Lamora é uma mistura de Errol Flynn, Robin Hood, e muitos outros heróis de aventuras que enfrenta circunstâncias extremamente difícéis e impossíveis de superar, mas é a sua inteligência e determinação que irão ditar o seu destino como ladrão, ser enforcado sem glória ou tornar-se uma lenda da cidade de Camorr.

A obra está presentemente apenas disponível na língua inglesa, mas penso que a editora Saída de Emergência tem nos seus planos, para breve, a publicação de The Lies of Locke Lamora em português. Não percam a oportunidade de ler o livro, é uma das melhores fantasias escritas em anos, e não terão falta de muitos actos de crueldade, amizade, compaixão, violência e muitas, muitas surpresas.

3 Comments

  1. Cristina Alves said,

    Já cá está à espera de ser lido🙂 esse e o Red Seas under Red Skies … a ver se os desenterro para breve !

  2. Safaa Dib said,

    Pois, o Red Seas Under Red Skies é a sequela. Embora o livro do Locke Lamora possa ser lido como uma aventura independente, o autor planeou mais livros no universo que criou e penso que tem previstos mais cinco romances (ao todo, serão sete). Eu não sou muito de ler sequelas, e como esta história do Lamora não ficou pendurada a meio, contento-me por agora com este livro.🙂

  3. Fábio said,

    Maravilha! Comprei outro dia mesmo – lerei com ânimo renovado!🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: