Does the heart wants to atone?

January 19, 2008 at 2:26 pm (Cinema e TV)

Um crime que nunca poderá ser apagado tortura a alma até a quebrar em fragmentos. A não ser que essa alma encontre um modo de suavizar a dor, a não ser que essa alma aprenda a conviver com os seus fantasmas e a exorcizá-los na escrita, como Briony Tallis o fez em Expiação (Atonement) de Ian McEwan. As consequências do que Briony viu através da janela da sua casa num Verão alguns anos antes da guerra começar, acabaria não apenas com a sua infância, mas com as vidas das pessoas em seu torno.

A imagem acima reproduz uma das cenas mais emotivas e pungentes do filme Expiação. Comovente porque já então conhecemos a verdade sobre os factos que rodearam as vidas de Cecilia e Robbie.

Não julguem que estão perante um filme sentimental pejado de clichés românticos. É uma história maravilhosa e filmada de forma engenhosa. Quando tiver mais tempo, gostaria muito de escrever sobre o livro e filme, mas por agora fica a recomendação. Está aí nas salas de cinemas para ver e guardar na memória.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: