Desânimo em fuga

February 6, 2007 at 11:15 pm (Livros/BD/revistas)

Chegar a casa depois de um dia (desanimador) de trabalho é um momento muito ansiado. Mas torna-se também um momento especial quando temos uma surpresa à nossa espera. Surpresas que surgem do nada e transformam o desânimo em alegria. À minha espera, em cima da mesa de jantar, uma pequena caixa com uma oferta. Dois livros, vindos de quem menos esperava.

E sabendo o meu gosto por literatura fantástica, a pessoa que os oferece partilha comigo algum do seu próprio entusiasmo por ficção científica.

Dandelion Wine de Ray Bradbury, traduzido na colecção azul da Caminho como A Cidade Fantástica. Bradbury é o autor a quem devo a minha primeira incursão séria na ficção científica, graças a Fahrenheit 451.  O livro é, aparentemente, uma evocação semi-autográfica do autor, sem marcianos, sem nenhuma visão extraordinária em especial, a não ser a vivência intensa das alegrias de infância.

Guerreiros do Sol de James Blish da antiga série Antecipação da Galeria Panorama. Muito bem conservado, diga-se de passagem, para um livro tão antigo. Será a minha primeira abordagem deste autor, de quem primeiramente ouvi falar através de referências à famosa colecção Cities in Flight.

Duas ofertas inesperadas e o suficiente para fazer esquecer as pequenas misérias acumuladas do dia.

2 Comments

  1. Artur said,

    Ray Bradbury? Eis o grande culpado pelo meu amor à FC – especialmente o Martian Chronicles. Depois de ter descoberto este, devorei imediatamente a seguri o Dandelion Wine… e a memória de Douglas nunca mais me saiu da mente.

  2. Barreiros said,

    …A minha grande tristeza, depois de ver o grande Bradbury a cair em qualidade nestes últimos livros que ele publicou lá fora, é nunca ter conseguido editar em Portugal o seu grande, grande e único romance fantástico, SOMETHING WICKED THIS WAY COMES. Absolutamente a não perder. Já cheguei a ter os direitos do livro comprados quando trabalhei para a GRADIVA, mas…vocês sabem como estas coisas são..
    E depois não digam que eu sou pessimista.
    Mesmo assim o SOMETHING WICKED está ao par do FARENHEITH e das CRÓNICAS MARCIANAS. A não perder!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: