My Neighbour Totoro

August 22, 2006 at 4:00 pm (Cinema e TV)

Tenho tido a possibilidade de revisitar alguns dos mais antigos filmes de Hayao Miyazaki. Se é certo que alcançou definitivamente sucesso internacional com Princess Mononoke, até essa data tinha já efectuado um percurso longo e experiente em animação que ofereceu ao mundo as primeiras visões do seu talento criativo.

My Neighbour TotoroTonari no Totoro (1988) – está entre as primeiras das suas animações longas e será talvez a mais pessoal e autobiográfica. Satsuki e Mei são duas irmãs que se mudaram para uma casa no campo com o pai de modo a poderem estar perto da mãe em convalescença no hospital. Desde os primeiros minutos da abertura que é a visão infantil de Satsuki e Mei que domina a narrativa; a alegria vibrante que transmitem por toda a nova casa, supostamente assombrada por espíritos, a adaptação ao novo ambiente rural, o conhecimento que travam com os vizinhos, é descrito estritamente da perspectiva das crianças.

Satsuki, como a mais velha, mas ela própria ainda uma criança consciente de novas responsabilidades com a ausência da mãe, cuida da irmã mais nova de quatro anos, Mei, uma força de natureza irrequieta e selvagem. Um dia, enquanto Satsuki estava ausente na escola e o pai em casa imerso no trabalho, Mei aventura-se para longe do jardim da casa até cair, qual Alice na toca do coelho, no mundo dos espíritos da floresta. Com a sua inocência e admiração, ela faz amizade com Totoro, uma estranha criatura que instintivamente identificamos como o guardião da floresta.

Totoro

Quando Mei volta para a família e conta as suas aventuras, em vez de ser recebida com incredulidade, o pai e a irmã admitem que Mei terá encontrado o guardiao da floresta, encarado como um sinal de boa ventura. É a relação entre as duas irmãs que forma o coração da história. A inevitável proximidade entre ambas perante a doença prolongada da mãe, os fortes laços afectivos que as prendem ao pai, a alegria inocente que partilham com Totoro nas brincadeiras são o retrato mais puro que já me foi dado ver do amor em família.

Quando más notícias ameaçam a felicidade e a harmonia reinante na casa, ambas as crianças, demasiado novas para saberem lidar com a dor e a preocupação, perdem-se uma da outra. A angústia da separação vivida por Satsuki é fortemente sentida no momento em que apela ao auxílio de Totoro. E o que seria de Mei e Satsuki sem a sua influência benévola?

Afastando-se por completo das animações de envergadura épica e a uma escala grandiosa, My Neighbour Totoro é um tocante retrato das relações familiares não só perante a adversidade, mas testemunho de toda a ternura e afecto que une uma família.

Miyazaki admite que a história foi inspirada suas próprias experiências da sua infância, forçado a longos períodos de separação da mãe, ausente por motivos de doença. É impossível ser indiferente à sensibilidade de Miyazaki na descrição de Mei e Satsuki ou à sua apologia da Natureza como o lugar de realização do ser humano. Totoro é tão inocente como as irmãs, tão brincalhão como elas; o momento na paragem de autocarro é de uma surrealidade que chega a lembrar muitas das cenas presentes em A Viagem de Chihiro, mas não podemos deixar de nos deliciar com o divertimento e espanto que inspira nas crianças.

Miyazaki reconhece a necessidade de crescer e a dor que isso implica, mas por uns breves instantes, ele deposita nas irmãs todo o seu desejo em preservar o universo das crianças em toda a sua inocência, alegria e pureza.

É curioso notar várias homenagens a Alice no País das Maravilhas ao longo da narrativa, como o gato-autocarro tão reminiscente do Cheshire Cat ou a queda de Mei numa toca como forma de entrar no mundo de Totoro,o que denota um padrão detectado ao longo de muitos dos animes de Miyazaki, o facto de transpor muitas influências literárias para as suas histórias. Mas Totoro é exclusivamente um produto da sua imaginação, e actualmente o símbolo de marca que identifica todas as animações sob chancela dos estúdios Ghibli.

Acima de tudo, Totoro marca presença numa obra-prima tão fresca actualmente como no dia em que foi criada.

9 Comments

  1. acrisalves said,

    Ai Ai…. tenho de ver isto… e os restantes filmes do Myasaki que ainda não vi…🙂

  2. mariana said,

    gostaria de saber onde posso encontrar o filme tonari no totoro para comprar

  3. Silvana Bandeira Claret said,

    Gostaria de saber onde posso comprar esse filme moro no Distrito Federal.Brasília e sou louca para comprar esse filme.Meus filhos amaram e eu também.Aguardo resposta imediata.Obrigada!!!

  4. Silvana Bandeira Claret said,

    O filme que quero é meu amigo totoro e se tiverem outros também gostaria de estar informada.Obrigada!!!

  5. Tatiana said,

    Quero comprar o filme “Meu amigo Totoro”, seja qual for o valor eu pago.

  6. KEITY said,

    QUANDO ERA MENOR ASSISTIA QUASE UMAS 4 VESES NO DIA MAIS AGORA NÃO TENHO MAIS VIDEO CASETE SO DVD

    ESTE FILME È DEMAIS

  7. KEITY said,

    TOTORO TOTORO ESTE È O MELHOR FILME DO MUNDO!!!!!!!!!

  8. Dario said,

    Meu Amigo Totoro… até hoje não me esqueço desse filme… também quero comprá-lo… desesperadamente… a cena da árvore crescendo foi linda…

  9. elias said,

    gostaria de saber onde encontrar p compraa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: