A Transformação de Martin Lake

July 24, 2006 at 9:48 am (Livros/BD/revistas)

Só uma nota breve para relembrar que o lançamento do livro de Jeff Vandermeer vai ser realizado esta noite às 21.30 na FNAC Colombo.

ML

A transformação de Martin Lake & outras histórias compõe-se de três histórias, tendo a noveleta que dá o título ao volume obtido em 2000 o cobiçado
World Fantasy Award (que VanderMeer obteve ainda uma segunda vez):
numa cidade de contornos míticos, Ambergris, um obstinado pintor recebe aquilo que julga não passar de uma brincadeira de gosto duvidoso: o convite para uma decapitação… As outras duas histórias (Vida secreta e Três dias
numa cidade fronteiriça) são a prova da mestria de VanderMeer no jogo
entre os dados de uma realidade banal e os inquietantes sinais de uma
outra realidade que teremos de decifrar, não sem uma dose de bem medida ironia. É esse o estilo deste autor, que Allen B. Ruch, na introdução, define como uma união de “excentricidade e humor a um real sentido de beleza, mistério e terror”, e que faz dele um dos valores emergentes na vanguarda do fantástico nos Estados Unidos.

Conheci o Jeff Vandermeer e a mulher, Anne, na sexta-feira. Vocês não vão querer perder a oportunidade de conhecê-lo. É uma pessoa super bem disposta e com grande sentido de humor. Mais tarde, conto colocar uma série de fotos a retratarem a passagem de Vandermeer por Lisboa.

Já li a noveleta The Transformation of Martin Lake. Surreal, com laivos de gótico, e povoado de inúmeras referências literárias, conta a história de um pintor obscuro que habita na cidade de Ambergris (fruto da imaginação do autor). Um certo dia, recebe um convite para uma decapitação. Julga ser uma brincadeira de mau gosto, mas é na verdade o início de uma série de acontecimentos que transformariam a sua arte para sempre e torná-lo-iam um pintor de reputação mítica no universo criado por Vandermeer. Intercalados com o relato destes acontecimentos, estão excertos da autoria de uma crítica de arte que analisam a arte de Lake e a simbologia subjacente a alguns dos seus quadros mais famosos. As primeiras páginas não facilitam o acesso ao mundo Ambergris, mas no momento em que atravessamos as portas para esse universo, torna-se absorvente e uma experiência de leitura imensamente gratificante.

No lançamento, irá também ser exibida a curta-metragem Shriek com banda-sonora do grupo australiano The Church, em torno do seu último romance Shriek: An Afterword.

Relembro também que esta é uma edição limitada de 200 exemplares assinada pelo autor.

Editora portuguesa

Excerto do conto “A Vida Secreta” publicado no site Épica

Blogue do autor

2 Comments

  1. acrisalves said,

    Bem, as passagens lidas eram muito engraçadas, com um humor particularmente interessante…
    A curta metragem também … (e reconheci por lá imagens, de Londres e de Barcelona … )

  2. Safaa Dib said,

    Yah, também reconheci lá algumas imagens. Ele tem uma boa voz para leitura e penso que acabou por ser uma apresentação muito interessante. Até esteve bastante concorrido o local. =)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: