Bibliofilia descarada

May 24, 2006 at 3:09 pm (Livros/BD/revistas)

Em anos recentes, descobri a maravilha de comprar livros em alfarrabistas, seja nos sítios do costume no Chiado ou nas ocasionais feiras do livro que ainda se vão encontrando na cidade. Embora não seja com o mesmo entusiasmo que visito as feiras mais recentes pelo simples facto de serem sempre os mesmos livros vendidos e com as pérolas cada vez mais inacessíveis, foi com bastante agrado que encontrei numa pequena feira na Faculdade de Letras de Lisboa livros bem mais interessantes que o usual.

Eis as minhas novas aquisições.

The Marianne Trilogy de Sheri S. Tepper – Uma autora bastante prolífica na fantasia e ficção científica, nunca li nada antes da sua autoria. Constituído pelos volumes Marianne, the Magus and the Manticore; Marianne, the Madame and the Momentary Gods e Marianne, the Matchbox, and the Malachite House, parecem ser difíceis de encontrar mas das poucas críticas que encontrei descrevem-no como a história de uma personagem que foge de uma vida de maus tratos e abusos e parte numa série de aventuras em outros mundos for there is magic in Marianne’s blood, and magic in her soul. Oh well, porque não, pensei eu.

Uncle Silas de Sheridan Le Fanu – A minha relação com Sheridan Le Fanu começou no Fórum Fantástico com o lançamento da edição portuguesa de Carmilla e sobre a qual anunciei o lançamento nos Filhos de Athena neste link. Foi em Le Fanu que outros grandes autores do horror gótico do séc. XIX foram buscar inspiração e ao ver uma edição inglesa bem preservada de Uncle Silas que constitui juntamente com The Rose and the Key e a colectânea A Glass Darkly o melhor do contributo literário de Le Fanu, decidi-me pela compra.

Uncle Silas is an intriguing novel of deception. Its narrator, a young victorian girl orphaned and lleft in the care of her sinister uncle, tells a highly charged story of intimidation, criminality, and violence. Her uncle is assisted by a boorish son and a grotesque French Governess in his attempts to seizes his ward’s fortune.

Dr. Futurity de Phillip K. Dick – Deste autor aclamado de Ficção Científica já li vários contos e O Homem do Castelo Alto , com um dos mais estranhos e indecifráveis finais que já me lembro de ter lido. Mas embora a sua técnica e estilo não primem pelo brilhantismo, as suas ideias são permeadas por uma genialidade que compensa tudo o resto. Dr. Futurity não parece ser um dos seus melhores, mas ainda assim PKD vale pela capacidade visionária e pela interrogação constante dos limites da realidade e ficção.

He had a moment of shattering, blinding terror. One minute he’d been driving along the familiar road to his city office, next he was hurtled centuries into the future. In seconds he had traversed centuries. But why had the tribesmen of the Wolf chosen him for such a grimly dangerous task? Could he – alone in a future world – tamper with the threads of destiny? Above all, was there a chance that he could escape the frightening future and find his way back to his own time?

Fiasco de Stanislaw Lem – Recentemente falecido, Lem dispensa apresentações como um dos nomes maiores do género. Solaris será a sua obra mais famosa, mas há outros que merecem igual destaque como Memórias Encontradas Numa Banheira, Viagens de Ijon Tichy e este Fiasco onde há um supercomputador chamado DEUS; um monge perturbado, em representação do Vaticano; um físico e filósofo japonês; e um jovem e destemido piloto excitado com a perspectiva de se encontrar face a face com alienígenas.

Fogo nas Profundezas do Espaço de Vernor Vinge – Infelizmente só encontrei o 2º volume da colecção Europa-América. Terei agora que ir à caça do 1º volume, mas já tinha ouvido falar maravilhas deste livro de Vernor Vinge vencedor de um Hugo em 1993 (empatou com Doomsday Book de Connie Willis). Em A Fire Upon the Deep encontramos uma space-opera recheada de superinteligências humanas, batalhas no espaço, extraterrestres e todos os ingredientes para um grande romance de ficção científica.

É verdade, já mencionei que encontrei todos estes livros ao preço de 1€ cada?

PS -> É já amanhã a abertura da Feira do Livro de Lisboa, um bom local para encontros, pôr os dedos a trabalhar à procura de antiguidades entre os alfarrabistas e comprar os livros que não comprámos ao longo do ano devido a preços excessivos. Pessoalmente, evito comprar em português devido aos preços infames praticados pelas editoras portuguesas. Ainda assim, por vezes, há oportunidades que não se podem deixar passar. Devo estar lá amanhã às 18.30 por ocasião da visita de Panos Karnezis no stand da Cavalo de Ferro. Pelo menos vou tentar. Ainda não li o livro Pequenas Grandes Infâmias mas tudo nele aponta para que seja uma surpresa muito agradável.

2 Comments

  1. Artur said,

    A Fire Upon the Deep é uma space opera simplesmente fabulosa! O conceito de espaço/tempo apresentado na cosmografia do livro é fascinante.

  2. Safaa Dib said,

    E já encontrei o 1º volume que me faltava.😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: