As Fabulosas Aventuras de Salomão Kane

April 30, 2006 at 12:30 pm (Livros/BD/revistas)

Recentemente, foi publicado mais um livro de contos da autoria de Robert E. Howard. Conan e a Rainha da Costa Negra foi a primeira publicação da Saída de Emergência por este autor e agora traz-nos as aventuras de Salomão Kane, um herói com carcterísticas bastante diferentes e peculiares em relação às outras criações de Howard.

kane

Uma das figuras mais influentes do sub-género de sword and sorcery, Robert E. Howard criou em Solomon Kane um herói puritano do séc. XVI que viaja pelo mundo em combate contra o mal. Com a maioria das suas aventuras publicadas na revista Weird Tales, esta estranha figura de olhos brilhantes e trajado de negro assume-se como um paladino do bem, mas é, na essência, um homem enigmático cujos olhos viram demasiado do mundo.

Participei nesta nova edição portuguesa com a tradução do poema Solomon Kane’s Homecoming. O poema que surge no final do livro reúne um relato de todas as suas aventuras narradas nos conto precedentes. É um poema muito bonito e tentei manter essa beleza em português, não sacrificando o esquema rimático nem a fidelidade ao texto original. Com este poema, tenho a sorte de de já ter traduzido romances, contos e agora poesia.

Ainda não tive oportunidade de ler todos os contos reunidos no livro, mas posso dizer que Kane é uma personagem muito mais fascinante que Conan, o Bárbaro, na medida em que Conan fora esboçado ainda nos primórdios de um sub-género que construía esterótipos de guerreiros saídos de lendas antigas, …between the years when the oceans drank Atlantis and the gleaming cities, and the years of the rise of the Sons of Aryas…, que vivem de acordo com as suas leis amorais.

Em Salomão Kane pareceu-me observar alguns dos aspectos de uma cultura literária que começou por ser reacção ao predomínio da literatura feminina que surgiu no séc. XVIII e XIX. Autores como Robert Louis Stevenson, Emilio Salgari ou Rider Haggard e Júlio Verne iniciaram uma tradição de aventuras e perigo, de terras exóticas, de viagens à volta do globo desafiando o desconhecido.

É no mesmo estilo que Kane desbrava perigos e terras nas suas viagens, e as suas muitas facetas não ocultam um lado negro tentado pelo mal. Existe também uma estranha dualidade entre as crenças pagãs de Kane e a mensagem cristã por trás do seu puritanismo, e nessa combinação de elementos reside outro dos aspectos fascinantes da personagem.

Não posso deixar de destacar o belíssimo design deste livro, talvez a minha capa favorita de todos os livros da Saída de Emergência. Para além de uma imagem sóbria em cor, ninguém fica indiferente à dimensão de fantástico que emana do desenho. As fontes escolhidas pareceram-me também integrar na perfeição, dando a impressão de estarmos a ler lendas num alfarrábio antigo. E para dar um toque ainda mais fantasy, não faltam pequenos desenhos a embelezarem ocasionalmente as margens do texto.

É um prazer possuir este livro, se é que os coleccionadores e consumidores compulsivos de livros me entendem.

1 Comment

  1. Kablam Trailers said,

    Assistam ao trailer de Salomão Kane – o filme:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: